Tabela INSS 2020 – As aposentadorias, pensões e vários seguros são acompanhados pelo INSS, e devido à grande demanda é utilizado há vários anos uma tabela INSS 2020 própria para a definição dos pagamentos dos benefícios. Através da Tabela INSS 2020 você pode consultar o seu benefício, veja como.

O Instituto Nacional de Seguridade Social ou simplesmente INSS, como é mais conhecido, é uma das autarquias do Governo Federal mais importantes. Ela que, no passado, era conhecida pela sigla INPS tem como responsabilidade realizar a distribuição adequada e correta da maioria dos benefícios de seguridade social, para um grande número de brasileiros beneficiados.

Tabela INSS 2020

Tabela INSS 2020: Calendário de pagamentos INSS


INSS 2020

Algum tempo atrás era bastante comum encontrar longas filas nas unidades do INSS que se estendiam pelo entorno. Essa “realidade” era bastante desgastante tanto pelos beneficiados da instituição quanto para os servidores públicos do INSS que tinham assim dificuldade de prestar um melhor atendimento ao grande público.

Além do agora então Agendamento eletrônico de serviços já há muito tempo o INSS utiliza de Tabela própria, que tem como principal tarefa apresentar o calendário de pagamentos dos benefícios do INSS 2020 para todos os meses do período de vigência.

INSS 2020

INSS 2020

A tabela do INSS 2020 é divulgada todos os anos pelo Ministério da Previdência Social que é o órgão responsável pela liberação dos recursos referentes à seguridade social dos cidadãos brasileiros.


Calendário de Pagamento INSS 2020

Como disse anteriormente, o INSS adota um calendário de pagamentos que é atualizado todos os anos e que auxilia tanto os servidores públicos quanto aos beneficiados de se organizarem: os primeiros para atender melhor os beneficiados, enquanto os segundos para se prepararem financeiramente quanto aos seus compromissos.

Geralmente os pagamentos do INSS 2020 são realizados entre os dias 25 e 5 de cada mês. A tabela do INSS 2020 distribui, de modo organizado, as datas de pagamento conforme o último dígito que se encontra impresso no cartão do segurado. Observe na tabela abaixo que todas as datas presentes caem somente em dias úteis.

Calendário de Pagamento o INSS 2020

Calendário de Pagamento o INSS 2020

Calendário de pagamento de benefícios para até 1 salário mínimo:

Benefícios
até 01 salário  mínimo
FINAL dez/19 jan/20 fev/20 mar/20 abr/20 mai/20 jun/20 jul/20 ago/20 set/20 out/20 nov/20 dez/20
1 20/dez 27/jan 19/fev 25/mar 24/abr 25/mai 24/jun 27/jul 25/ago 24/set 26/out 24/nov 22/dez
2 23/dez 28/jan 20/fev 26/mar 27/abr 26/mai 25/jun 28/jul 26/ago 25/set 27/out 25/nov 23/dez
3 26/dez 29/jan 21/fev 27/mar 28/abr 27/mai 26/jun 29/jul 27/ago 28/set 28/out 26/nov 28/dez
4 27/dez 30/jan 27/fev 30/mar 29/abr 28/mai 29/jun 30/jul 28/ago 29/set 29/out 27/nov 29/dez
5 30/dez 31/jan 28/fev 31/mar 30/abr 29/mai 30/jun 31/jul 31/ago 30/set 30/out 30/nov 30/dez
6 02/jan 03/fev 02/mar 01/abr 04/mai 01/jun 01/jul 03/ago 01/set 01/out 03/nov 01/dez 04/jan
7 03/jan 04/fev 03/mar 02/abr 05/mai 02/jun 02/jul 04/ago 02/set 02/out 04/nov 02/dez 05/jan
8 06/jan 05/fev 04/mar 03/abr 06/mai 03/jun 03/jul 05/ago 03/set 05/out 05/nov 03/dez 06/jan
9 07/jan 06/fev 05/mar 06/abr 07/mai 04/jun 06/jul 06/ago 04/set 06/out 06/nov 04/dez 07/jan
0 08/jan 07/fev 06/mar 07/abr 08/mai 05/jun 07/jul 07/ago 08/set 07/out 09/nov 07/dez 08/jan

Calendário de pagamento de benefícios acima de 1 salário mínimo:

Acima de 01 salário mínimo FINAL dez/19 jan/20 fev/20 mar/20 abr/20 mai/20 jun/20 jul/20 ago/20 set/20 out/20 nov/20 dez/20
1 e 6 02/jan 03/fev 02/mar 01/abr 04/mai 01/jun 01/jul 03/ago 01/set 01/out 03/nov 01/dez 01/jan
2 e 7 03/jan 04/fev 03/mar 02/abr 05/mai 02/jun 02/jul 04/ago 02/set 02/out 04/nov 02/dez 05/jan
3 e 8 06/jan 05/fev 04/mar 03/abr 06/mai 03/jun 03/jul 05/ago 03/set 05/out 05/nov 03/dez 06/jan
4 e 9 07/jan 06/fev 05/mar 06/abr 07/mai 04/jun 06/jul 06/ago 04/set 06/out 06/nov 04/dez 07/jan
5 e 0 08/jan 07/fev 06/mar 07/abr 08/mai 05/jun 07/jul 07/ago 08/set 07/out 09/nov 07/dez 08/jan

Em outras palavras, o calendário de pagamento INSS 2020 é de grande utilidade, uma vez que a sua finalidade é para que as datas exatas de pagamento sejam facilmente identificadas.

Por ora, porém, como os pagamentos foram estipulados para os dias uteis, os beneficiários do INSS só recebem nas respectivas datas. Ou seja, nenhum destes pagamentos são realizados aos sábados ou nos feriados.


Tabela INSS 2020

Além do mais, a tabela de pagamentos do INSS 2020 é, na verdade, dividida em duas:

  • Uma é direcionada para quem recebe até um salário mínimo;
  • Enquanto a outra é voltada para quem recebe acima de um salário mínimo.

Desta forma, se você recebe o benefício do INSS 2020 deverá, primeiramente, observar qual das duas tabelas o seu beneficio pertence e, em seguida, verificar qual é a data do pagamento de acordo com o último dígito impresso em seu cartão magnético.

Por ora, a tabela do INSS 2020 atende as seguintes categorias de beneficiários:


Tabela de Contribuição do INSS 2020

É importante que o contribuinte também fique de olho na tabela de contribuição do INSS 2020, para realizar as contribuições previdenciárias de maneira correta.

O valor de contribuição do INSS 2020 vai variar muito, de acordo com ocupação do trabalhador e com o salário de contribuição do empregado.

Alíquotas de Contribuição INSS 2020

Caso o trabalhador deseje saber como pagar o INSS 2020, precisa, antes de tudo, conhecer a alíquota de contribuição correta. A alíquota de contribuição do INSS depende do salário de contribuição e do regime de contribuição adotado pelo trabalhador. Confira abaixo as principais alíquotas de contribuição:

  • 8% do salário de contribuição: para Trabalhador Urbano, Trabalhador Doméstico ou Avulso, com salário de até R$ 1.751,81;
  • 9% do salário de contribuição: para Trabalhador Urbano, Trabalhador Doméstico ou Avulso, com salário de entre R$ 1.751,82 e R$ 2.919,72;
  • 11% do salário de contribuição: para Trabalhador Urbano, Trabalhador Doméstico ou Avulso, com salário de entre 2.919,73 e R$ 5.839,45;
  • 11% do salário de contribuição: Para Contribuinte Individual e Facultativo com salário de até 1 salário mínimo;
  • 20% do salário de contribuição: Para Contribuinte Individual e Facultativo com salário entre R$ 998,00 e R$  5.839,45;

Confira abaixo as tabelas para contribuição atualizadas do INSS:

Tabela para Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso 2019
Salário de Contribuição Alíquota
Até R$ 1.751,81 8%
De R$ 1.751,82 a R$ 2.919,72 9%
De R$ 2.919,73 até R$ 5.839,45 11%

Veja a seguir a tabela para os contribuintes na categoria “individual” e “Facultativo”:

Tabela para Contribuinte Individual e Facultativo 2019
Salário de Contribuição (R$) Alíquota Valor
R$ 998,00 5% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição e Certidão de Tempo de Contribuição)* R$ 49,90
R$ 998,00 11% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição e Certidão de Tempo de Contribuição)** R$ 109,78
R$ 998,00 até R$  5.839,45 20% Entre R$ 199,60 (salário mínimo) e R$ 1.167,89 (teto)

Atenção: Vale lembrar que as alíquotas descritas acima são validas somente entre 01 de janeiro de 2020 e 29 de fevereiro de 2020. À partir do dia 1º de março, passam a valer as alíquotas da Previdência Social 2020 da Reforma da Previdência.

Novas alíquotas de contribuição da Reforma ad Previdência 2020

A seguir confira as novas alíquotas de contribuição da reforma da Previdência do INSS:

Alíquotas de contribuição do INSS 2020 para Iniciativa privada

Contribuição de trabalhadores da Iniciativa Privada
Alíquota é aplicada progressivamente de acordo com o salário recebido
Até um salário mínimo: 7,5%
Mais de um salário mínimo até R$ 2 mil: 9%
de R$ 2.000,01 a R$ 3 mil: 12%
de R$ 3.000,01 a R$ 5.839,45 (teto do INSS): 14%

Alíquotas de contribuição do INSS 2020 para Servidores Públicos

Contribuição de trabalhadores e servidores públicos
Alíquota é aplicada progressivamente de acordo com o salário recebido
Até um salário mínimo: 7,5%
Mais de um salário mínimo até R$ 2 mil: 9%
de R$ 2.000,01 a R$ 3 mil: 12%
de R$ 3.000,01 a R$ 5.839,45 (teto do INSS): 14%
de R$ 5.839,46 a R$ 10 mil: 14,5%
de R$ 10.0001,00 a R$ 20 mil: 16,5%
de R$ 20.000,01 a R$ 39 mil: 19%
acima de R$ 39.000,01: 22%

Como contribuir com o INSS 2020

Mesmo com as alterações recentes da Reforma da Previdência, continua crescendo o número de brasileiros interessados na contribuição da tabela INSS.

Mas se você já trabalha com carteira assinada, tempos uma boa notícia: Você já está contribuindo para a Previdência Social. Quando o empregador paga o salário mensal do trabalhador, parte do salário descontada como “INSS” serve justamente para pagar a contribuição social do trabalhador.

INSS para Contribuinte Individual 2020

Como contribuir com o INSS 2020

FIQUE ATENTO: Se você é trabalhador, e percebeu que sem chefe não está fazendo a contribuição devida, você pode acionar a justiça e pedir a restituição dos valores que deixaram de ser depositados no INSS.

Tipos de Contribuição para o INSS

A previdência Social oferece dois regimes de Contribuição INSS 2020, de acordo com o perfil do trabalhador:

  • Contribuição individual: Caso o trabalhador trabalhe por conta própria, sem um empregador. São considerados os trabalhadores autônomos e individuais. A alíquota de contribuição é de 11% caso a contribuição seja de 1 salário mínimo, e de 20% caso seja acima de 1 salário mínimo até o teto do INSS 2020.
  • Contribuição facultativa: Caso o trabalhador seja empregado, mas queira realizar uma contribuição extra (facultativa) para complementar no futuro o valor da sua aposentadoria. Também é possível usar esse regime de contribuição para contribuir mesmo quando o cidadão ainda não está trabalhando (estudantes, desempregados, etc). Entretanto, é obrigatório ter a idade mínima de 16 anos para começar a contribuir.

Para realizar a contribuição, o trabalhador deverá obter a Guia de Previdência Social (GPS) e realizar os pagamentos mês a mês. A GPS pode ser obtida em livrarias, ou ainda, pode ser feito o pagamento através da GPS Online 2020.


Extrato INSS 2020

Os beneficiários do INSS 2020 podem consultar o referido extrato quando assim o desejarem. Para isso é escolher alguma das opções abaixo:

  • Através das Agências do INSS. Este é o meio mais utilizado pelos beneficiários, principalmente aqueles que não possuem familiaridade com a consulta direta por ferramentas eletrônicas, inclusive a internet.

Nesta modalidade, o beneficiário deverá comparecer pessoalmente até uma agência do INSS munido de seus documentos pessoais e o número do benefício do INSS, e solicitar o extrato ao atendente.

  • Extrato do INSS pela internet. Este é o meio mais rápido de se consultar o extrato do INSS 2020. Para isso, é só contar com um computador conectado à internet.

Veja a seguir como fazer:

  • Acesse o site do Meu INSS diretamente neste link;
  • Faça o login no sistema, ou se não tiver conta crie o seu cadastro
  • Assim que acessar a área exclusiva do sistema é só clicar no link “Histórico de Crédito do benefício”
  • Agora é só conferir os dados do seu benefício.
Extrato INSS pela Internet

Extrato INSS pela Internet


Cadastro MEU INSS 2020

Caso você deseje realizar a consulta do extrato INSS, mas ainda não tem cadastro no MEU INSS, basta seguir os passos indicados abaixo para se cadastrar no site do Governo Federal:

  1. Acesse o portal MEU INSS – através DESSE LINK;
  2. Preencha o formulário com seus dados pessoais;

    Cadastro MEU INSS 2020

    Cadastro MEU INSS 2020

  3. Marque a caixa de seleção “Não sou um robô” e acesse a página do programa.
  4. Você receberá então uma senha de acesso ao portal.
  5. Com seu número do CPF e senha de acesso, você já poderá utilizar os serviços do programa.

Atenção: ao realizar o login pela primeira vez, recomendamos que você altere a senha que você recebeu por uma senha mais fácil de lembrar. Assim, você diminui as chances de esquecer sua senha.


Novas regras da Aposentadoria INSS 2020

À partir da reforma da Previdência, as regras para aposentadoria em 2020 mudaram. Ao contrário do que muita gente imagina, os 65 anos de idade para homens e 62 para mulheres só serão necessários para quem está entrando no mercado de trabalho agora.

  • Idade mínima de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres
  • Idade mínima de 60 anos para professores
  • Idade mínima de 55 anos para policiais e outras profissões de risco
  • Idade mínima de 60 anos para trabalhadores rurais do sexo masculino e 55 para o sexo feminino
  • 35 anos de contribuição providenciaria para homens e 30 para mulheres.

Se você está prestes a se aposentar, o tempo vai aumentar (sim), mas esse aumento vai ser inversamente proporcional ao seu tempo de serviço já contribuído.

Regras de transição

As regras descritas acima valem para quem vai entrar no mercado de trabalho a partir do dia 1º de março. Para quem já está inserido, valem as regras de transição da reforma da Previdência. Veja a seguir as regras de transição:

  • Sistema de pontos: Quem já tem muitos anos de contribuição poderá utilizar o sistema de pontos para se aposentar antes da idade mínima. Funciona assim: Soma-se os anos de contribuição com a idade do trabalhador. Caso a soma for de 87 para mulher ou 97 para homem em 2020, o trabalhador poderá solicitar a aposentadoria. A cada ano, aumenta 1 ponto necessário para se aposentar.
  • Redução da Idade Mínima: Homens com 35 anos de contribuição ou mulheres com 30 anos de contribuição poderão se aposentar com 61 e 56 anos respectivamente. Essa idade mínima sobe 6 meses a cada ano, até o ano de 2027.
  • Redução do tempo de contribuição: No caso de idosos com pouco tempo de contribuição, é possível se beneficiar da redução do tempo de contribuição. No caso de homens com 65 anos ou mulheres com 62 anos, é possível solicitar a aposentadoria com apenas 15 anos de contribuição.

Agendamento INSS 2020

Uma grande comodidade criada pela Previdência Social foi o serviço de agendamento INSS 2020. Com ele, você pode ser atendido nos postos de atendimento da Previdência sem enfrentar filas.

Agendamento INSS

Agendamento INSS

Para realizar o agendamento, acesse a página do MEU INSS e realize o login no portal. Para facilitar, utilize ESSE LINK.

Após realizar o login, preencha o formulário e escolha o horário de atendimento mais conveniente para o atendimento. Não se esqueça de comparecer no dia e locais marcados para sua consulta no posto de atendimento da Previdência Social.


Como sacar o INSS 2020

Para sacar o seu beneficio é só;

  • Utilizar os caixas eletrônicos;
  • Com o cartão do banco e a senha de acesso.

Essa alternativa é bem mais rápida.

O saque do seu benefício pode ser solicitado em agências bancárias ou em terminais de autoatendimento do banco credenciado. Vale lembrar que, caso não esteja satisfeito com o atendimento do banco, o segurado pode solicitar a portabilidade do benefício para outro banco.

Em caso de dúvidas, antes de efetuar o saque, entre em contato com o Telefone INSS 2020 pelo número 135. Através da central de atendimento da Previdência Social, você pode realizar consultas e esclarecer dúvidas sem precisar sair de casa.

Caso você tenha conexão com a internet, você também dispõe do portal MEU INSS para consultar seu benefício e fazer agendamentos.